Listas

Dicionário Goiano

 Você que pensa em vir morar ou passear no estado de Goiás, principalmente aqui no interior, não pode deixar de ler antes o Dicionário Goiano! É essencial para qualquer pessoa que quer vir para Goiás. Sem ele você ficará perdido!

Leia com atenção:

dicionario goiano

Os verbetes abaixo servem para todo o estado de Goiás principalmente para o interior goiano!

Anêim – Algo que parece ter vindo de ‘Ah, não!‘, que virou ‘Ah, nem!’ Mas às vezes é simplesmente usado na frase com um sentido de desagrado. Quando vejo escrito por aí, vejo o povo escrevendo ‘anein’, ‘aneim’, ‘anêim’ e outras variantes. Ex.: se eu ia viajar com a turma e de repente não posso mais, alguém exclama: Anêeeim! Que pena!’

Armonca Almôndega, bola de carne moída.

Arvre – Árvore

Arvrinha – Árvore pequena.

Arvrona – Árvore grande.

Barriga-verde – Como já ouvi aqui em Goiás, ‘pra baixo de São Paulo todo mundo é gaúcho’; portanto o termo barriga-verde nada tem a ver com o usado no sul, que significa ‘catarinense’. Barriga-verde aqui é um novato, alguém que ainda está ‘cru’ numa determinada coisa.

Bão? – Goianês para ‘Tudo bem?‘ Também é usada a forma ‘bããããão’?

Bão mesmo? – É comum usar o ‘mesmo?‘ depois de coisas como ‘e aí, tá bom/bão’, como se pedisse uma confirmação de que a pessoa tá bem e não apenas fingindo que está bem.

Brabo – Bravo, nervoso, mau.

Caçar – Procurar. Goiano não procura, goiano caça. Ex.: ‘Estive te caçando o dia inteiro’. ‘Não sei onde está, mas vou caçar esse papel para você.’

Calçada – Pode significar: 1. Lugar para estacionar carros; 2. Local onde se colocam as mesas dos botecos e restaurantes. Note que não existe em Goiás calçada no sentido de lugar para pedestre, pois não sobra espaço para pedestres entre os carros e as mesas (e mesmo tendo, os pedestres só andam no meio da rua).

Chega dói – Chega a doer. Ex.: Deixa eu te falar, essa luz é tão forte que chega dói a vista. Na verdade essa forma pode ser usada com quaisquer outros verbos combinados com o verbo ‘chegar’. Ex.: chega arranha, chega machuca, chega engasga.

Chega doeu – Chegou a doer, ou seja, o passado de “chega dói“.

Coca Média – Refrigerante médio é o de garrafinha de 290ml. Ou seja, o menor que costuma ser vendido em restaurantes. Nota: Na última vez em que estive em São Paulo pedi uma coca média, por costume adquirido em Goiás e a ‘muié’ ficou me olhando sem entender.

Corguim – Lê-se córrr-guim. Diminutivo de corgo.

Corgo – Lê-se córrr-go. Córrego.

Coró – mesmo que mandruvá.

Custoso – Na definição dela significa teimoso. Como se fosse algo que dê trabalho. ‘Esse moleque é custoso demais da conta!’ alguém custoso seria alguém que apronta muito!

Dar rata – Algo como cometer uma gafe.

Deixa eu te falar – Com a variação “Ow, deixa eu te falar“. Introdução goiana para um assunto sério. Nunca, mas nunca mesmo, chegue para um Goiano falando diretamente o que você tem que falar. Primeiro você tem que dizer “ow, deixa eu te falar“, para prepará-lo para o assunto. Em Goiás você precisa seguir o ritual de uma conversação. Ex.: ‘E aí, bão? E o Goiás, hein? Perdeu! Tem base? É por isso que eu torço pro Vila. Oww, deixa eu te falar, lembra aquele negócio que eu te pedi…‘ A forma abreviada é “te falar“.

Demais da conta – Em Goiás, deve-se evitar utilizar a palavra ‘demais’ isolada. A forma correta é ‘demais da conta’. Ex.: ‘Gosto disso demais da conta!’. ‘Conheço a região demais da conta!’

De sal – Salgado. Ex.: Pamonha de Sal. (Eu jurava que era de milho… dãã)

De doce – Se ‘de sal’ é salgado, então ‘de açúcar’ é doce, certo? Errado! Em Goiás as coisas não são doces, elas são de doce.

Disco – Um tipo de salgado frito.

Encabulado – Impressionado. Ex.: Estou encabulado que você nunca tenha ouvido alguém falar ‘chega dói’ antes.
Fiquei impressionado (ou encabulado, em goianês) com a quantidade de gente que não entendeu esse verbete aqui. Chegam a colar a definição do dicionário, como que querendo provar que a palavra existe! Mas a palavra existe mesmo, eu nunca disse que não! Só não tem, no dicionário, o sentido usado no Goianês. Isso é igual explicar piada!

Fi – Creio que vem de ‘Filho’, é usado no fim da frase, como se fosse um ‘tchê’ gaúcho ou um ‘meu’ paulista. Ex.: ‘Esse é o melhor, fi!’, ‘Nossinhora, fi! Bão demais da conta!’.

Final de tarde – Sabe aquela mania chata das propagandas de uma marca de cerveja de tentar mudar a quarta-feira para Zeca-Feira e o Happy Hour para Zeca-Hora? Pois é, ao menos o Happy Hour já foi aportuguesado por aqui. Chama-se ‘Final de tarde’, e na prática é o happy hour: você sai do trabalho e vai tomar uma com os amigos. Acompanha espetinho e feijão tropeiro, é claro!

Madurar – Amadurecer.

Mais – substituto goiano da conjunção ‘E’. Ex.: Eu mais fulano estamos no Goiás.

Mandruvá– Mandorová.

Muié: Esposa ou qualquer humano do sexo feminino.

Na Goiânia – Em Goiânia.

Na Serra, ou no Serranópi – Em Serranópolis (minha cidade)

No Goiás – Em Goiás.

Num dô conta – Pode ser traduzido como Não consigo, Não sei, Não quero, Não gosto, etc. No resto do país, “não dar conta” é usado mais no sentido de ‘não aguentar’. Por exemplo: Não dei conta do recado, ou Não dou conta de comer isso tudo sozinho. Já aqui em Goiás é usado para quase tudo. Ex.: Num dô conta de falar inglês (‘não sei falar inglês’); Num dô conta de continuar em Goiânia nas férias (‘Não quero/não aguento continuar em Goiânia nas férias); Num dô conta de imprimir usando esse programa (‘não sei imprimir usando esse programa’).

Ou quá? – Algo como ‘ou o quê?’. Ex.: ‘Você vai sair com a gente ou quá?’

Piqui – Pequi, fruto típico de Goiás, bastante usado na culinária Goiana. 

Pit Dog – Uma espécie de filho bastardo de uma lanchonete com uma barraquinha de cachorro-quente. Apesar desse nome estranho, os sanduíches são muito bons!

Prenha – Grávida. Ex. ‘A filha do padeiro tá prenha’.

Quando é fé – Algo como “de repente” ou “até que”. Ex.: ‘Estava no consultório do dentista, ouvindo aquele barulhinho de broca, e quando é fé sai um meninin chorando de lá.’

Queijim – Rotatória. 

Tá boa? – Goianês para ‘Tudo bem?’ usado para mulheres. Em outras regiões do Brasil seria interpretado de outra forma… 

Tem base? – Expressão tão goiana que existe até em slogan impresso em bandeiras e camisetas exaltando o estado: ‘Sou goiano. Tem base?’. Pode ser traduzido como ‘Pode uma coisa dessas?‘, só que usado com muito mais frequência.

Toda vida – Ir direto, sem parar. Ex.: Pega aquela rua toda vida que você vai chegar numa praça, é lá!

Trem – Qualquer coisa pode ser chamada de trem, inclusive um trem. Ex.: ‘Ôôô trem bão!’ (ô, coisa boa!) Já ouvi até mesmo a seguinte declaração de amor: ‘Te amo, Trem!’.

Uai – Palavra que normalmente não tem sentido, mais ou menos como o tchê do gaúcho. Usado normalmente em respostas. Ex.: Pergunta: Goiano, você vai à festa hoje?; Resposta: Uai, vou!.
Dá impressão que o uai é parecido com o ué usado em outras regiões. Mas o ué muitas vezes é usado no caso de a pessoa achar a pergunta estranha. 

Voadeira – Voadora (o golpe, agressão).

Vende-se este – Aqui em Goiás é muito mais comum ver placas dizendo ‘Vende-se Este’ colada num carro, do que simplesmente ‘Vende-se’. É como se quem escreveu pensasse ‘vende-se? Vende-se o que?’, mas também ficasse com preguiça de escrever ‘Vende-se este carro’. Fica o meio termo.

Pronto! Creio que com esse pequeno glossário, você já pode vir no Goiás, comer no Pit Dog sem dar rata e, quando é fé, sentar à sombra de uma arvrona na beira do corguim! Só toma cuidado pra não deixar prenha as filhas de ninguém porque o povo daqui é muito brabo!

Se vocês souberem mais, deixem nos comentários!!!!

Dica do amigo leitor Marcell de Moura e editado e aumentado por Rafael Kid (O Loxa)

55 Comentários

  1. Opa sou de Goiania nasci la, e nem eu nem boa parte do pessoal de la nao fala assim,so galera do interior MESSMO Fala assim,e nao é so la,Minas tb

    ps:tem o Gorinha=Agorinha

    1. Goiás é Estado irmão de Minas Gerais…

      Se assemelham muito na culinária, cultura, dialeto e até alguns costumes…

      E uma coisa muito peculiar em ambos… TEM MUITA MULHER BONITA… =)

      1. MINAS GERAIS É TÃO BOM QUE JÁ TEM ATÉ ESTADO GENERICO, KKKKKKKKKKKK, E QUE EU SAIBA O E-S QUE É O ESTADO IRMÃO DE
        MINAS AQUI NO SUDESTE, GOIÁS FICA NO CENTRO-OESTE E EU NEM
        CONHEÇO.

  2. Cara… li os comentarios aqui em baixo, e só pessoal de Goiania acha que não fala desse jeito… Sotaque e esse jeitos tipicos de falar em nenhum lugar se admite… Eu por exemplo não acho que Curitiba tem sotaque, daí!… rsrsrs Fui para Goiania no feriado de 7 de Setembro e realmente o pessoal fala desse jeito mesmo. A expressão mais usada sem sombra de duvida é (ENTAO, DEIXA T FALAR…) kkkkk

  3. Sou “goiano do pe rachado” e nunca ouvi ninguem comer “armonca”. O resto ta correto. A coca media é culpa do guarana antartica, que tinha o caçulinha antigamente, lembram-se. (hj tb tem mas é de plastico).

  4. ridiculo, a coisa mais idiota q ja li, so podia ser nesse blog podre mesmo.
    todos lugares tem sotaque e palavras proprias, mas a maioria dessas nao existem se atualizem bando de babacas

  5. primeiro esse brender é um boxta …. curti pacas goiano é dificil mesmo… mas falto o SÓ O OURO … que é uma especie de elogio… quando passa uma mocinha bonita vc diz só o ourooo ela ja se acha uma preciosidade…. ou por exemplo e nossa to vendo de comprar uma moto lá … e como é que ela ta? só ouro motor bom… abraço

  6. Rafa!!!

    em goias quando vc se refere a uma mulher q nao podi ter mais filhos vc falam “ligadas” ou …seja eu sou ligada…. nós paulistas usamos “laqueada” laqueadura!!! ou seja a mulher nao podi ter filhos…..
    qdo ouvia e frase sou ligada eu imaginava q as mulheres ainda podia ter filhos!!
    mais é bem isso mesmo o jeito goiano de fala, mais tem algumas coisas q nós paulista tbem usamos outras q aprendemos aqui com vcs!!!
    nesse estado maravilhoso de pessoas maravilhosa q amo tanto!!! Bjus

  7. falto o “de rocha” logo que me mudei de sp pra gyn em feverreiro.. a galera ficava falando “de rocha?”, como se fosse um “é sério?”
    ex: – ow.. comi aquela gostosa.
         –  de rocha???  

  8. uai deixa eu te fala sou do interior de goias e pior que é assim mesmo, e num adianta povinho ai fala  mau não nois tem um jeitim goiano de ser e e bão demais da conta, axo ruim pede pra sai fi…..ja ouvi todas essas palavras e aqui no interior se usa bastante axei a ideia fera de mais vlw ai bjim aos conterrâneos!!!!!!!!!!!!!!!!!!   

  9. Bom 😀
    Só errou em um lugar:

    Brabo – Bravo, nervoso, mau.

    Brabo é diferente de Bravo.
    Bravo é uma pessoa corajosa, brabo uma pessoa nervosa.

  10.  Isso e ridiculo, sou goiano e não uso a maioria dessas palavras( girias) ai..
    E por isso que a maioria das pessoas de fora dizem que em Goiânia so existe roçeiro analfabeto, e por pessoas como você que acha que todos os Goianos tem o mesmo tipinho que vs.
    Aff’ ¬¬

    1. Então você mora em outro estado. Sou professora universitária em Goiânia e a maioria das pessoas utiliza sim estes termos. Tanto meus alunos, quando alguns de meus colegas. Observe melhor.

  11. Aos goianos revoltados… Parem com isso…

    Sou goiano, com muito orgulho… Mais orgulho ainda, tenho em saber que temos identidade, peculiaridades e curiosidades, que nos tornam uma população diferente das demais…

    Assim como em vários outros estados da federação, em que o dialeto acaba por criar palavras antes desconhecidas…

    Mandioca se chama aipim, macachera e qualquer outra denominação no Nordeste, por exemplo, e nem por isso o povo nordestino é inferior a ninguém… Pelo contrário, sou apaixonado pela região… População, além de muito educada, extremamente divertida… Sabem se utilizar do bom humor…

    Portanto, não entenda esse “dicionário goianês” como uma afronta… É apenas uma forma divertida, de demonstrar que a população goiana tem algo peculiar… Um dialeto no mínimo curioso, e que acaba despertando o interesse do pessoal…

    Tem base esse povo grilado? Dá rata não, gente…

    Vai só ficar os “fiozinho de ouro” <=== Outra expressão para o "Dicionário"…

    Abraço a todos…

    1. perfeito , somos assim mesmo e eu tenho orgulho de ser goiana e falar desse jeito , aqui é terra de povo amavel e de bom humor , felamos assim e promto , adorei essa ideia de voces só falta fazer um dicionário escrito pra eles poderem usar quando nos vositar , parabens á voces povo bao de mais da conta .

  12. tem mts ai qe tem mt a ver , eu seu de goias , mas tem mts qe nem tem a ver não , tem a palavra  ”moos” , qe é usado pelos jovens daqui , qe significa moço , é usado assim , moos vse num vai na festa hj não? tipw isso !

  13. Sou paulista e adoro descobrir sotaques e significados de palavras em regiões diferentes, é inevitável, em todos os lugres do Brasil tem sotaques e significados…isso é cultural!! ADOREI…parabéns!! 🙂

  14. Moro no interior de Mato Grosso, mas nóis é divisa com Goiás!
    Aqui nóis fala desse jeito tb…
    E num adianta dizer que num fala porque é EXATAMENTE desse jeito !
    ja ouvi e falo todas essas !

  15. É desse jeito mesmo e eu amo meu Goiás… saudade desse terrinha linda!!! Só quem é de Goiás sabe o tanto que lá é bao busssssssurdo e claro mto bonito!!!

  16. eu murri di ri di tanta coisa boa , eu num imaginava como iscrivia o que falo , é muito bom , devia era fazer um livro de como conversar em Goias pois pros povos de fora é muito difici di intende o nosso jeito Goiano de ser , Parabens que ideia boa essa , aprovado mesmo .

  17. Tem também, o verbo “pagiar”, não é plagiar que basicamente é imitar obras alheias. Pagiar : bisbilhotar, curiar, seguir, olhar atentamente…etc. Este verbo está sendo esquecido por nós goianos, a minha avó que é de Jussara-GO, falava muitas frases com esse verbo. Ex: Eu pagiei bastante e descobri que a nascente daquele córrego vem daquele morro. O “ANRAN!!!” em várias cidades de Goiás é curto e seco, já em Mineiros-GO é “ANRAAAAAN!!!” ele é mais arrastado e cantado, nós podemos notar isso até nas crianças. “Anran” é basicamente uma confirmação do que o outro fala. Ex: Você vai assistir o jogo hoje? “Anran!!!”

  18. Wow that was odd. I just wrote an very long comment but after I clicked submit my comment didn’t show up. Grrrr… well I’m not writing
    all that over again. Anyways, just wanted to say wonderful blog!

  19. sou d goiania e e assim mem mais nois fala errado pq nois que msm oia essa cantanda : nossa oçe ta mai cherosa q pintiadeira d puta. outra nossa ta mai cherosa q caminhao de piqui nois tbm fala corgo sig lagoua e pit dog so tem aq msm?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo